Comprar embarcações cabinadas Rodman 1250 usados em Tarragona

  • Barco usado 5688 | Embarcação cabinada usados

    33 Fotos

    Embarcação cabinada Rodman 1250

    112.000 €

    • Club Náutico Sant Carles de la Ràpita, Tarragona (Espanha)
    • Ano : 1999
    • Comp. : 11,9m.
    • Rodman 1250 11.9 m de Comp. 0,95 m de Calado .

  • Barco usado 1326 | Embarcação cabinada usados

    8 Fotos

    Embarcação cabinada Rodman 1250

    89.500 €

    • Puerto Deportivo Roda de Barà, Tarragona (Espanha)
    • Ano : 2000
    • Comp. : 11,9m.
    • Rodman 1250 11.9 m de Comp. 0,82 m de Calado .

Guarde a sua pesquisa e receba novos barcos no seu email

  • Tipo : Embarcações cabinadas
  • Estado do barco: usados
  • Modelo : rodman 1250
  • Local : Tarragona (Espanha)

O seu aviso foi criado corretamente.

Você pode cancelar os seus avisos quando quiser Ao pressionar o botão está a aceitar as Condições Legais

As embarcações cabinadas são uma das categorias de barcos mais populares no Mediterrâneo e podem ser de dois tipos: as lanchas pequenas, desportivas, também chamadas cuddies em inglês, com uma cabine na proa e uma acomodação básica para duas personagens; e os cruzeiros familiares, mais espaçosos, cujo objetivo principal é a comodidade dos passageiros. A disposição mais comum nestas embarcações é a do poço aberto e proa fechada onde se encontra a cabine principal, contudo, existem também cruzeiros com o camarote na popa. Escolher uma lancha cabinada, ou um cruzeiro, depende muito do programa de navegação e do uso que deseja fazer do seu barco. Um cuddy privilegia o aspeto desportivo, a velocidade e o rendimento e permite-lhe passar um par de noites a bordo. Num cruzeiro familiar destacam o espaço e a comodidade, poderá passar vários dias a bordo com a familia ou os amigos e usufruir de um salão de popa, um poço cómodo, um solarium na proa e espaço na parte inferior para cozinhar e dormir. Tanto os cuddies como os cruzeiros existem em diferentes comprimentos e tamanhos, para além de oferecer muitas opções de personalização.